Helsinki Jugendstil

Helsinki: o melhor guia com as principais atrações

Helsinki é a capital da Finlândia, um dos cinco Países Nórdicos — os outros quatro são os três Escandinavos: Suécia, Noruega e Dinamarca, e a Islândia.

A população finlandesa é de 5,5 milhões de habitantes, fazendo fronteira com a Suécia, Noruega, Rússia e Estônia, ainda que haja o golfo entre os dois países.

Uma república jovem — já que a Independência só foi conquistada há pouco mais de 100 anos, em 1917. Antes faziam parte da Reino da Suécia e depois foram um Grão-ducado da Rússia.

Dados Interessantes sobre a Finlândia

A área da Finlândia é de 390.909 km2, só um pouco maior que o estado de Goiás.

Segundo a revista de bordo da Finnair, a Blue Wings, existem 188.000 lagos no país, que tem 75% de sua área coberta por florestas. A agricultura ocupa uma área de apenas 7%.

Em 2020 a Finlândia encabeçou pela terceira vez consecutiva o ranking de país mais feliz do mundo, segundo a World Happiness Report, da ONU. Em seguida estão a Dinamarca e a Suíça.

As razões são várias. Mas as principais se devem ao fato de o país ter uma das melhores qualidades de vida da Europa e menor diferença social em sua população, que são medidos nos seguintes aspectos:

  • programas sociais eficientes baseados na igualdade e bem-estar social;
  • saúde pública de qualidade;
  • alta expectativa de vida da população;
  • segurança financeira;
  • ausência de corrupção e consequente confiança nas instituições;
  • um sistema educativo justo e eficiente: 72% dos alunos foram além da educação básica.

Mas, isso não é tudo e eles ainda são referência de Design no mundo, e fanáticos por:

  • sauna: são mais de 2,3 milhões pelo país;
  • café: o consumo médito per capita é de 9,6 kg;
  • sorvete: a média per capita é de 12,3 l.

A Lapônia, no extremos norte do país, é a terra do Papai Noel, do sol da meia-noite e da aurora boreal.

São, acima de tudo, uma sociedade onde as coisas funcionam. Já deu vontade de saber mais, não deu?!

Como chegar em Helsinki

A maneira mais prática é voando Finnair: a empresa aérea nacional foi fundada em 1923 e é uma das mais antigas em operação.

O aeroporto internacional de Helsinki foi inaugurado há quase 70 anos, em 1952 — para os Jogos Olímpicos.

Se você estiver em uma viagem pelos Países Bálticos também é muito fácil: basta atravessar o Golfo da Finlândia em um ferry-boat via Tallinn, a capital da Estônia.

Mas prepare-se: os finlandeses bebem bastante no trajeto. É uma maneira de burlar a limitação de compra de bebidas alcóolicas no país — e, além disso, a embarcação tem loja Duty Free.

Uma capital compacta e moderna

Helsinki fica no extremo sul da Finlândia, junto ao Mar Báltico. É a maior cidade do país, onde vivem menos de 700 mil pessoas.

Extremamente segura — é normal devolverem carteiras e celulares aos seus donos — é também a capital do trabalho flexível! E isso não veio com o modismo dos nômades digitais, nem é coisa de tempos de pandemia…

Desde 1996 uma lei permite aos funcionários ajustarem os seus horários. A ideia é garantir qualidade de vida ao mesmo tempo que há uma melhora na eficiência e produtividade. Eles acreditam no equilíbrio das atividades — e os resultados têm sido cada vez melhores.

Outro ponto interessante é que os estrangeiros são muito bem vindos. São vistos como uma maneira de promover aos locais perspectivas diferentes, contribuindo para o aumento da criatividade — algo bastante valorizado por lá!

Helsinki arquitetura

Pontos mais interessantes de Helsinki

Aqui listamos o que mais gostamos por lá, de acordo com a nossa experiêncial pessoal.

Começamos com os museus: são três ótimas indicações. Com pouco tempo veja, ao menos, o primeiro deles:

Design Museo

Intalado em um prédio de 1894 é dos mais antigos do país, dedicado ao desenvolvimento do design. Ali você vai encontrar algumas referências que talvez não soubesse serem finlandesas: como os pássaros do desenho Angry Birds e os celulares da Nokia — o meu primeiro, há quase 30 anos, foi um tijolo desta marca!

O acervo tem uma área dedicada a móveis nos conceitos da Bauhaus, de designers com Aalto e Saarinen, uma coleção de objetos de decoração da Iittala, e muitos exemplos de estampas diferentes e listadinhos da Marimekko. Encontramos até um estiloso colar em prata que foi usado pela princesa Leia, da Saga Star Wars.

Além disso tem muitos brinquedos em madeira, objetos diferentes do uso cotidiano finlandês, um café e uma lojinha super estilosa: joias, mantas, textêis, cerâmicas, livros e afins.

O Design Museo fica no elegante e interessante bairro conhecido como Design District: ande por ali e preste atenção aos detalhes arquitetônicos dos prédios da região. São muito bonitos!

E você ainda irá encontrar lojas de objetos de decoração, vestuário e diversos cafés e restaurantes convidativos. Escolha o que preferir!

Ateneum: o principal museu de arte do país

Se gosta de artes plásticas e quer entender um pouco mais da cultura nórdica, não deixe de visitar o Ateneum. E vá com tempo!

Ateneum Museum Helsinki
Uma das salas internas do Ateneum, sem hordas de visitantes

Instalado em um prédio grandalhão de 1887 fica na Praça Rautatientori, bem perto da Estação Central de Trem da cidade — um dos lugares mais emblematicos da arquitetura finlandesa — e sobre o qual trato mais adiante.

O acervo é excelente e muito interessante, abrange desde obras do Rococó do século XVIII até a segunda metade dos anos 1900.

É um bom lugar para entender um mínimo da Kalevala: poema épico sobre o folclore e a mitologia da Finlândia. O museu tem uma área com várias obras inspiradas na Kalevala, com explicações descomplicadas.

Raha Museo: O Museu do Banco da Finlândia

Fica bem perto da Catedral de Helsinki, junto à praça principal da cidade. É aberto ao público e a entrada é livre.

A exibição é atual e bastante interessante: conta a história do dinheiro no país, e valoriza o design de suas peças numismáticas — mostrando um pouco da produção dos artistas e da história do país.

Principais atrações: o que não perder na capital da Finlândia

A Estação de Trens da Cidade

É uma obra em estilo Jugendstil e uma das estações mais bonitas da Europa. O arquiteto é o finlandês Eliel Saarinen, e foi construída entre 1910 e 1914.

As figuras imensas em pedra estilizadas que aparecem na parte de cima deste post são um detalhe de sua fachada.

Eliel migrou para os Estados Unidos em 1923, após a I Grande Guerra e se tornou professor da Universidade de Michigan. Seu filho, Eero Saarinen, que chegou na América aos 13 anos, se tornou um dos grandes nomes do design internacional.

Viajar de trem pela Europa é fácil, barato e descomplicado. De Helsinki há o Allegro, um trem direto para São Petesburgo, na Rússia, e diversos outros destinos. Outra boa ideia é pegar o Santa Claus Express para chegar à Lapônia. Algo que pretendemos fazer, em uma próxima oportunidade por lá…

A catedral de Helsinki

Fica na praça principal da cidade, a Senaatintori — Praça do Senado. O arquiteto responsável foi Carl Ludwig Engel e sua construção durou de 1830 a 1852. O estilo é o Neoclássico e é uma obra em homenagem ao czar russo Nicolau I.

Catedral de Helsinki
A fachada neoclássica da Catedral de Helsinki e suas cúpulas que podem ser vistas de longe.

A urbanização da praça é projeto do mesmo arquiteto: o que dá unidade e elegancia ao conjunto. Ali estão vários prédios públicos.

Helsinki conta ainda com uma segunda catedral, ortodoxa: é a Uspenski. Essa segunda é posterior, terminada em 1868 e foi projetada pelo russo Alexey Gornostaev.

O Mercado Central

Adoramos visitar mercados nas cidades que visitamos, uma maneira de conhecer melhor os hábitos e costumes de cada lugar.

Se você concorda conosco, e também quer conhecer tudo sobre a gastronomia finlandesa, não deixe de ir ao antigo mercado de Helsinki — Vanha Kauppahalli. Completou 130 anos em 2019.

O prédio foi projetado pelo arquiteto e urbanista Gustaf Nyström, que estudou outros mercados cobertos europeus para realizar esta obra. Ele é responsável também pelo prédio do Design Museo — e é fácil observar a semelhança dos dois projetos.

O Mercado Coberto fica na Praça do Mercado, junto ao mar e no final da Esplanadi. A área está localizada entre a Praça do Senado e o Design District, e é de fácil acesso.

Na parte de fora é como se fosse uma feira livre, com tudo muito fresco. No mercado coberto você irá encontrar diversas lojas que vendem dezenas de opções de salmão, enguias, camarões nórdicos e outros frutos do mar.

Helsinki Mercado
Produtos de carne de caça no Mercado Coberto de Helsinki

Urso, rena e alce na alimentação finlandesa

As carnes consumidas por lá são muito diferentes para nós: urso, rena e alce. No mercado você vai encontrar esses produtos em latas, mas confesso que não experimentamos…

Também estão a venda peles e objetos feitos de chifres dos animais locais — peças do artesanato regional estão sempre presentes na decoração nórdica.

O mercado oferece ainda doces, chocolates, vinhos, porcelanas e berries de todos os tipos; além de lugares para tomar café da manhã ou almoçar.

Por isso, nem que seja só para dar uma olhada, vale a visita!

Ademais, perto da Praça do Mercado saem as barcas para conhecer a fortaleza Suomenlinna — localizada em uma ilha.

A Esplanadi

Um dos lugares mais bonitos de Helsinki, a Esplanadi, ou Esplanada, é um parque urbano projetado em 1818 por Carl Ludwig Engel, o mesmo arquiteto da Praça do Senado e da Catedral.

No entorno estão prédios de escritórios, lojas e negócios de decoração, hotéis e vários cafés e restaurantes. Portanto, é uma delícia passear pela área!

Gastronomia e hospedagem em Helsinki

Para não correr o risco de nos alongar demais, vamos deixar para outra ocasião nossas melhores indicações de lugares para provar a gastronomia em Helsinki e um dica sensacional para você se hospedar por lá!

O que podemos adiantar sobre o assunto é que as opções são muitas e merecem um post caprichado!

Enquanto isso deixamos você com algumas indicações de temas que publicamos aqui no blog para facilitar a organização de seu roteiro personalizado:

Caso seja mulher, recomendo tambén:

Até a próxima!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.