bagagem de mao

Bagagem de mão: o que pode e o que não pode embarcar na cabine

A dimensão máxima da bagagem de mão em avião é 55 x 35 x 25 cm. Vale tanto para voos nacionais, com limite de 10 kg, tanto internacionais: onde o peso varia de acordo com a companhia aérea e a classe do bilhete.

Mas aqui você vai encontrar muito mais do que só os limites de dimensão e peso: são informações precisas do que levar e onde levar. Salve o post e não se arrependa!

Sempre que viajamos percebemos quantas pessoas não tem ideia do que levar na bagagem de mão, daí a certeza da importância de escrever sobre o assunto.

Mas fique tranquilo! Nós vamos contar tudo o que pode e o que não pode ser levado com você na cabine do avião, bem como algumas boas práticas a serem adotadas para você nunca mais ter problemas.

Programar a viagem é imprescindível, mas, isto pode ser seriamente comprometido se você não preparar corretamente as suas malas.

Algumas pessoas já se estressam no check-in, tentando embarcar com mais peso que o permitido. Outras são paradas ainda na fiscalização: e precisam desmontar as suas malas, às vezes sendo obrigadas a deixarem alguns de seus pertences para trás. Muitas descobrem após o desembarque que suas malas despachadas foram abertas e que algo de valor foi surrupiado.

Não são experiências agradáveis. E se pudermos ajudá-lo a evitá-las, este post terá cumprido a sua missão!

Todos os exemplos citados aqui são reais e aconteceram conosco, familiares ou amigos. Portanto: preste atenção!

Vamos explicar com mais detalhes mais à frente, mas, aqui vai um resumo importante sobre o assunto:

Você DEVE levar em sua bagagem de mão

  • valores: dinheiro e joias;
  • documentos: além do passaporte, os principais devem estar consigo fisicamente. Não confie apenas nos arquivos eletrônicos;
  • todos os equipamentos eletrônicos e fotográficos, e suas baterias e carregadores;
  • medicamentos de uso contínuo ou preventivos: de preferência acompanhados de pedido médico;
  • se estiver com bebês e crianças: leite e alimentos para serem consumidos no vôo, e algum brinquedo para distraí-los;
  • líquidos até 100 ml, perfumes até 50 ml: sempre separados e dentro de um saquinho transparente;
  • um kit básico de maquiagem (respeitando os limites acima);
  • CPAP e qualquer outro tipo de equipamento que faça uso contínuo;
  • itens especiais (confira abaixo).

O que NÃO DEVE embarcar com você

  • canivetes, facas, tesouras e qualquer objeto perfuro cortante: já perdi uma tesourinha super cega dentro de um mini kit de costura;
  • líquidos, cremes e géis em embalagens maiores de 100 ml;
  • aerossóis;
  • perfumes acima de 50 ml e qualquer embalagem com líquidos, gel ou creme maior que 100 ml.

Esta lista leva em consideração viagens internacionais, quando as regras são bem mais restritivas. Em viagens nacionais a tolerância para líquidos é maior.

Explicando melhor: o que não deve faltar em sua bagagem de mão

Parece óbvia a recomendação de levar dinheiro e cartão com você. Mas, nem todos são viajantes frequentes, e algumas pessoas ficam bastante ansiosas antes de uma viagem. Sobretudo se for internacional!

Caso esse seja o seu caso: fique atento ao fazer as malas e não se confunda na hora de despachar a bagagem.

Dica importante!

Em ocasiões em que o vôo está lotado pode ser que a companhia aérea lhe ofereça despachar gratuitamente a sua bagagem de mão: faça isso desde que não tenha os itens citados acima dentro do volume em questão!

Uma familiar descobriu ao desembarcar que sua bolsinha de joias havia sido afanada, e um amigo teve a bateria do laptop avariada devido à esse procedimento.

Se for obrigatório — e saiba que, às vezes, simplesmente não há mais lugar dentro da cabine — tire seus objetos de valor e eletrônicos: e leve-os em sua bolsa de mão ou mochila!

Para evitar chateações, sempre tenho uma sacolinha de tecido dobrável comigo. Afinal, o seguro morreu de velho! 😉

Tenha todos os documentos necessários com você

Além do passaporte existem outros documentos que você deve levar em sua viagem. Fizemos uma lista bem completa em nosso post sobre planejamento de viagem — não deixe de conferir!

Isso é muito importante para lugares em que a alfândega é mais detalhada, como, por exemplo, nos Estados Unidos.

Mas muitos países costumam pedir confirmação de reserva de hotel e acomodação, e você não pode ficar na mão de um celular, não é mesmo?

Há alguns anos, em um de nossos voos para a Alemanha, meu Iphone travou e só voltou a funcionar uns dois dias após o desembarque. E lembre-se: nem sempre será possível ter acesso imediato à internet. Pelos mais diversos motivos.

Ora, não pesa quase nada uma cópia em papel!

Itens Especiais

Se você tiver alguma ocasião especial em sua viagem, como um casamento, festa a rigor ou algo do gênero, recomendamos levar a sua roupa na bagagem de mão na cabine com você.

Uma vez viajamos para Viena uns três dias antes da virada do ano. Um dos pontos altos da programação era a festa de Reveillon no Hofburg — uma coisa especialíssima, que requer roupa de gala.

Era um daqueles dias de muito calor em São Paulo e nevava em Viena. Deixamos tudo separado, colocamos a base da roupa de frio (calças de lã e botas) e saímos, levando nossas malas e os casacos para o desembarque.

A Polícia Federal havia anunciado que estaria em greve e recebemos um aviso da Lufthansa para chegarmos mais cedo.

Trânsito acima do normal na marginal de São Paulo, passamos pelas longas filas e sentamos felizes na sala de espera. Hora de conferir se estávamos com tudo: quem havia pegado o volume com o smoking?

Pois é! Imaginei que teria sido o Alfredo. Ele achou que estava comigo. Resultado: meu amor tem dois smokings!

Sobre a mala de mão

Atualmente, nos voos nacionais o limite é de 10 kg para a bagagem de mão. Porém, nos internacionais normalmente são 8kg na classe econômica, e 15 kg, ou 2 volumes de 8kg, na executiva.

Algumas companhias, como a Swiss e a Lufthansa, seguem a risca não só o limite de peso, como o tamanho: algo em torno de 55 x 40 x 25 cm.

O tamanho aceito no Brasil é de 55 x 35 x 25 cm. Mas, se tiver uma mala “cabin size” não deverá ter problemas. Usamos o modelo Salsa Air da Rimowa há mais de uma década e jamais tivemos contratempos: aqui ou em qualquer outro país.

Em tempo: as nossas bagagens de mão medem 55 x 40 x 23 cm.

A vantagem das nossas malas é justamente a leveza e resistência. Portanto: são itens que você deve prestar atenção.

Itens para prestar atenção

  • malas mais antigas são muito pesadas: e você terá pouco limite para levar o que precisa;
  • modelos muito baratos podem não aguentar a viagem: cansamos de ver malas na esteira quebradas, abertas, com pertences espalhados por toda a parte — algumas simplesmente não resistem;
  • importante que o fecho seja do tipo TSA, que pode ser aberto pela alfândega sem precisar quebrar o cadeado, ou danificar a mala. Sim, os funcionários da alfândega podem abrir a sua mala em procedimentos de controle ou se suspeitarem de algo errado!

Coisas que pouca gente sabe, mas nós contamos!

Depois de ter passado pela Polícia Federal, no Brasil, ou pelo Serviço de Imigração, no exterior, você estará à mercê do maravilhoso mundo do Duty Free.

Então saiba que, se você comprar algo por lá, o melhor é manter a sacolinha selada!

Se tiver comprado cremes ou perfumes isso será a única maneira de não perder seu mimo recém-adquirido. Já vimos uma jovem chorar na porta do avião por ter seu perfume preferido confiscado.

Se a sacolinha estivesse selada, ela não precisaria ter vivido esta frustração.

O mesmo vale para bebidas! Do exterior você pode trazer alguns itens de álcool — é bom conferir com a companhia e o país do embarque para não ter problemas.

Geralmente as maiores restrições são para bebidas com mais de 24%. Acima de 70% de álcool é sempre proibido e abaixo de 24% é mais tranquilo — vinhos e cervejas encontram-se neste limite.

Mas a regra geral é: se comprou no Duty Free e se está selado, está liberado!

Novamente: nos vôos nacionais é possível embarcar com alguns volumes de bebida na bagagem de mão. Sempre confira com o pessoal da empresa de aviação sobre a tolerância vigente.

Boas Práticas

Algumas coisas não são proibidas, mas nem por isso estão liberadas. Trata-se de uma questão de educação e respeito com os demais passageiros.

Pense sempre que os espaços estão cada vez menores dentro das cabines, então seus direitos devem acabar quando começam os de seus companheiros de vôo.

Por isso

  • não leve mais volumes do que o estabelecido em sua passagem: você pode até conseguir embarcar sem pagar excesso, mas estará tomando o lugar de outro;
  • não embarque com mochilas imensas e fora do padrão: você pode despachá-las;
  • acredite: você consegue sobreviver sem o seu travesseiro! Repare que, além de ocupar bastante espaço, é anti-higiênico ficar passeando com ele pelo saguão, depositando-o em cima das malas e cadeiras da área de embarque. Se for uma recomendação ortopédica: despache seu travesseiro dentro de sua bagagem de porão.

E em hipótese alguma

  • banque o espertalhão e coloque a sua bagagem no maleiro da área executiva tendo passagem econômica. Ou, mesmo, acima das primeiras poltronas da econômica, estando nas últimas fileiras.

As pessoas irão perceber e sua mala vai ser removida. E, se não for, você será sempre lembrado como o ogro da viagem. Nada mais brega, não é mesmo?!

E vale ressaltar ainda

Além da já citada mala de mão você ainda pode levar uma bolsa, ou uma mochila. Desde que não muito grande.

Então: só não vale exagerar!

Últimas dicas do que levamos em nossa bagagem de mão

A mala de mão ideal deve ser formatada para cada destino e cada tipo de viajante.

Caso seja uma viagem curta: é possível voar apenas com a bagagem de mão. É prático e rápido.

Muitas vezes partimos levando apenas uma mala de mão conosco — a outra vai dentro de uma das bagagens despachadas no porão, e servirá para acomodar um eventual excesso.

Assim garantimos uma boa folga no retorno e temos espaço e limite para não ultrapassar a franquia estipulada. Assim, podemos trazer sem susto, preocupação ou custo extra algo que compramos nos destinos visitados.

Outros itens que levamos em nossas malas de cabine:

  • lenços, echarpes mais delicados e um casaco ou malha para o desembarque;
  • joias e bijus;
  • se for do tipo arrumadinho e curtir sai a noite: um paletó para os homens, e uma bolsa de noite, para as mulheres;
  • raramente: guarda-chuva compacto, apenas para quando sabemos que vamos desembarcar em um local chuvoso (senão levamos na mala despachada);
  • peças frágeis adquiridas em viagem: vasos e objetos de cerâmica e porcelana. Tudo que for “quebrável” deve estar com você;
  • se gosta de ler durante o vôo: um livro ou seu Kindle;
  • uma necessaire com toda maquiagem em pó (para evitar que quebrem na bagagem de porão), pinceis e batons. Lembre-se que os líquidos, cremes e géis devem ser pequenos e estar em uma bolsa plástica transparente;
  • uma balancinha compacta: para conferir se as malas estão dentro do limite. É uma boa prevenção para evitar pagar excesso de bagagem.

Concluindo

Ainda que sejam muitos itens para considerar é fácil seguir estas recomendações, que irão te ajudar imensamente.

Agora é se preparar para os próximos destinos e sonhar com as novas viagens.

Enfim, se precisar de inspiração, informação ou dicas: estamos aqui! Deixe seu comentário e responderemos rapidinho.

Gostou das informações? Compartilhe! Bem como nos acompanhe em nossas Redes Sociais!

roteiroPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

4 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.