voltar-a-viajar

Conheça 5 destinos para sonhar enquanto não é possível voltar a viajar

A Covid-19 trouxe insegurança, tristeza e muitos desafios às nossas vidas, e no momento, podemos apenas sonhar com quando será possível voltar a viajar, tendo a certeza de que o mundo não será mais como era antes e que teremos um “novo normal”.

Atualmente a maioria de nós está em casa, se ajustando a um novo cotidiano, e viajar tornou-se um verbo a ser conjugado apenas no passado ou no futuro — em data incerta.

Contudo, mesmo em tempos tão difíceis, é preciso nos manter otimistas e, para isso, nos resta imaginar e planejar como e quando será possível voltar a viajar, nos preparando para esse momento tão especial: conhecer um novo lugar ou rever algum destino preferido.

Por isso pensamos em listar aqui lugares que amamos para servir de inspiração para quando voltar a viajar for novamente uma de nossas preocupações — agora o foco principal é nos mantermos vivos até tudo isso passar, certo?

E, como a maioria de nós está com mais tempo do que tínhamos antes, segue a nossa lista de 5 destinos nada óbvios que um viajante deve considerar conhecer:

4 lugares de sonho da Europa

A Europa é o nosso destino preferido de viagem, porque é o Velho Mundo, onde tudo é relativamente perto e fácil de ser percorrido. Ideal para quem gosta de Arte, com excelentes museus e muita História. Há muito que ser conhecido e foi difícil escolher apenas alguns destinos, mas queríamos mostrar aqui somente lugares especiais e menos batidos, então vamos lá:

Lago de Garda, na Itália

É uma das regiões mais bonitas da Velha Bota! Fica na divisa entre o Vêneto e Lombardia, excelente opção para quem gosta de sair dos grandes centros e das cidades mais turísticas, como Roma, Veneza e Florença.

Apesar de muito visitada por europeus, sobretudo dos países do norte, as pequenas cidades que ficam as margens do Lago de Garda são tranquilas. Quando estivemos por lá, na primavera, não vimos grandes tours. A maioria das pessoas viaja de carro por ali — a melhor maneira para explorar o local.⠀

voltar-a-viajar
Castelo medieval conhecido por Rocca Scaligera, em Sirmione.

E, saiba também que, para quem gosta de sossego, tranquilidade para circular, roteiros românticos para percorrer a dois, lindas paisagens e cidades bastante antigas e charmosas: recomendamos considerar esse destino!

Inclusive porque ali são produzidos ótimos vinhos, há centenas de restaurantes para todos os gostos e tipos de clientes e encontramos tudo caprichosamente florido. Logo, é impossível não se apaixonar pelas cidades no entorno e pelo próprio Lago de Garda!

Nos hospedamos em Sirmione e, além de Bardolino, estivemos na vizinha Lazise e em Salò. Um bom resumo para ter uma ideia da beleza do local!

Dürnstein, na Áustria

É uma pequena cidade no Wachau, às margens do Danúbio e a apenas 1 hora de carro de Viena. A região é repleta de lugarejos igualmente charmosos e está bem perto da Abadia de Melk — umas das construções beneditinas mais famosas da Europa.

voltar-a-viajar
Vista da bucólica Dürnstein, no Wachau. A foto principal desse post foi feita na estrada, no caminho para o hotel.

Por lá se produzem ótimos vinhos e nós demos a sorte de visitar o local na época dos damascos. Dizem que vê-los em flor é ainda mais especial! Para quem gosta de construções barrocas, videiras, estradas bucólicas, palácios e ruínas de castelos é um lugar imperdível.

Enfim, para quem busca uns dias de romance é com certeza o destino ideal para quando pudermos voltar a viajar. Nos hospedamos e recomendamos o Schloss Dürnstein, que pertence a rede Relais & Chateaux e conta com um restaurante divino.

Riga, na Letônia

A capital da Letônia tem mais de 800 anos, foi ocupada pelos soviéticos após a II Guerra Mundial até o início dos anos 1990, e jamais perdeu a sua identidade cultural. O centro histórico da cidade é Patrimônio da Humanidade da UNESCO e é cheio de ruelas e muitos belos exemplos de arquitetura.

voltar-a-viajar
Um detalhe Art Déco em Riga.

Sem falar no bairro preservado com centenas de edifícios Art Nouveau / Art Déco — o que motivou a nossa visita. Some-se a isso dois fatores:

  • primeiramente: a população de Riga é extremamente simpática;
  • encontramos com muita facilidade vários restaurantes verdadeiramente muito bons.

Vale dizer que estivemos hospedados no Hotel Neiburgs, aquele lugar perfeito: localização incrível, ótimo atendimento e espaço de sobra. Quando voltarmos a Riga com certeza ficaremos lá novamente e recomendamos de olhos fechados!

Se você gosta de trazer artigos para casa e decoração considere também que irá encontrar artesanato de qualidade, fique de olho! Também tem muita coisa local bem charmosa para vestir, tanto em linho, como em lã com seda.

Leipzig, na Alemanha

Leipzig é uma importante cidade do estado da Saxônia, fundada no século XII e que abriu a sua primeira universidade em 1409, tendo se tornado um importante centro cultural tanto literário, como musical: Johann Sebastian Bach foi organista em Leipzig.

voltar-a-viajar
Goethe, no centro da praça Naschmarkt e, ao fundo, a antiga Bolsa de Comércio.

Para começar, um de seus lugares mais charmosos é o coração de seu centro histórico: a chamada Naschmarkt, uma pequena praça que tem como figura principal Johann Wolfgang von Goethe.

Goethe, um dos maiores nomes da literatura alemã e expoente no chamado romantismo, ou Sturm und Drang (Tempestade e Ímpeto), estudou em Leipzig e sua ligação com essa praça central vem de um lugar que fica em uma galeria na mesma praça: o Porão Auerbach. Esse antiquíssimo restaurante foi cenário para a obra mais famosa de Goethe: Dr. Fausto. É para lá que Fausto é levado pelo demônio para selar o acordo de vida eterna.

A cidade é uma graça e não deixe de visitar fora do centro o imenso e interessantíssimo Monumento das Batalhas das Nações, carinhosamente chamado localmente de Völki — seu nome completo é Völkerschlachtdenkmal! Todo em estilo Jugendstil, ou Arte Nova, é dos mais bonitos que conhecemos.

1 lugar especial no Brasil, para quando for possível voltar a viajar

O Brasil é um país imenso, de proporções continentais e há muito para ser conhecido. Enquanto as belas praias são sempre os primeiros lugares a ocupar o interesse da maioria dos viajantes, sugerimos um destino pouco conhecido, mas interessantíssimo:

São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul

voltar-a-viajar
Detalhe das ruínas da Igreja de São Miguel das Missões.

Adoramos conhecer cidades com história, mas a dica de hoje vai para um lugar único: é impossível não se emocionar ao se deparar com a imensa Igreja — a mais bem conservada de todo o conjunto missioneiro que se espalha para Argentina e o Paraguai, e que foi construída entre 1735-45, em estilo Barroco.

Sobretudo para aqueles que conhecem a História do lugar, ou já leram sobre as correrias no Rio Grande do Sul, é de arrepiar vagar entre as ruínas. Nós gostamos tanto de lá que escrevemos um post completo. Não deixe de conferir para entender o motivo de nossa escolha.

É claro que a nossa de lista de hoje não será unanimidade, não temos essa pretensão. Mas temos a certeza de que são destinos encantadores, e que valem ao menos serem considerados quando for possível voltar a viajar…

Então, comente aqui o que achou! E para ver mais imagens e informações sobre esses lugares e outros visitados por nós, nos acompanhe em nosso Instagram!

roteiroPowered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

15 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.