Rothenburg ob der Tauber

Rothenburg ob der Tauber: a cidade murada na Bavária

Distando apenas 60 km de Wuerzburg e fazendo parte da Rota Romântica, Rothenburg ob der Tauber pode ser facilmente alcançada por carro, ônibus ou trem, à partir de Frankfurt, Munique e Nuerenberg.

Para melhor aproveitar plenamente as belezas das cidades e da região, recomendamos viajar de automóvel, por permitir flexibilizar o tempo e o seu itinerário.

Desta forma é possível personalizar o programa de suas visitas com as oportunidades imprevistas e imperdíveis desta inesquecível viagem pela Rota Romântica.

Rothenburg ob der tauber
Enxaimel na área central da cidade e vista geral na primavera

Resumo histórico para entender e usufruir as atrações estéticas e culturais de Rothenburg ob der Tauber

A região junto ao rio Tauber, onde hoje estão as muralhas da cidade, foi ocupada por volta do ano 1000, com a construção do castelo do conde Comburg-Rothenburg.

Hoje o castelo não existe, mas a cidade mantém o seu nome da época, Rothenburg ob der Tauber, ou seja, Castelo Vermelho sobre o rio Tauber em alemão.

Em 1250 foi construída a estrada entre Wuerzburg e Augsburg, atualmente parte da Rota Romântica, passando pela área onde seria construída Rothenburg ob der Tauber.

Fundada e integrada ao Império Germânico pelo rei Rudolf von Habsburg em 1274, a cidade mantém até hoje os 3 km de muralhas e torres construídas ao longo do século XIII.

O “Meister Trunk

A Bavária é tradicionalmente uma região católica. Em 1631 a cidade que era protestante foi submetida ao cerco de 40.000 soldados católicos sob o comando do general Conde Tilly, durante a Guerra dos Trinta Anos.

A cidade capitulou infringindo apenas 300 baixas ao inimigo. Segundo a lenda, após a derrota, o conde Tilly desafiou o prefeito Georg Nusch a beber, com apenas um gole, um cântaro de 3,250 litros de vinho. Caso o conseguisse, a cidade não seria destruída.

Tendo Nusch ganho a aposta, no evento conhecido como “Gole do Mestre“, o conde Tilly cumpriu a sua promessa, porém as suas tropas somente deixaram a cidade após o inverno, e totalmente saqueada.

Para completar a desgraça, em 1634 Rothenburg foi atacada pela Peste Negra, perdendo muitos de seus habitantes. Esta sequência de tragédias provocou a sua total estagnação, preservando a sua paisagem urbana do século XVII até hoje.

O Nacionalismo

No século XX Rothenburg já era um símbolodo fundamentalmente alemão”, gerando significativo movimento turístico para a cidade nas décadas de 1920/1930.

Nos anos 1930 o governo nazista se aproveitou desta condição para a sua promoção política, por meio da organização KDFKraft durch Freude, em alemão: força pela alegria.

Oferecendo viagens regulares para Rothenburg, vindas de todas as regiões da Alemanha, estimulava o nacionalismo, com apoio dos seus moradores — pelos grandes benefícios econômicos proporcionados por este turismo.

Em 31 de março de 1945, embora não fosse um objetivo estratégico militar ou industrial, bombardeiros americanos destruíram 45% da cidade e mataram 39 habitantes. Provavelmente este ataque foi efetuado apenas pelo significado histórico e político da cidade.

Em 1950 Rothenburg já se apresentava fielmente reconstruída, reiniciando seu turismo cultural. Para a maioria de sua população de 11.000 habitantes a atividade básica continua sendo o turismo cultural de qualidade, tendo sido a cidade promovida a Patrimônio Intangível da Humanidade pela UNESCO.

Rothenburg ob der Tauber
Brasão de Rothenburg ob der Tauber com seu castelo vermelho e grupo vestindo roupas do século XVII, desfilando na Reichsstadt Festage, Festivais da Cidade Imperial, em alemão. Celebrados em maio, setembro e outubro em homenagem ao prefeito herói Georg Nusch.

Atrações de Rothenburg ob der Tauber

  • Marktplatz / Praça do Mercado: no centro, surpreende o visitante após ter passado pelas estreitas ruas medievais da cidade e encontrar um amplo espaço que reúne as mais notáveis edificações de Rothenburg ob der Tauber:
  • Rathaus / Prefeitura: pelo seu porte avantajado e sua fachada renascentista, completada em 1681, destoa do conjunto de construções em enxaimel dominantes na cidade e remete ao orgulho do povo por Rothenburg. De sua torre, caso possa e queira enfrentar 220 degraus, pode-se obter belas fotos da cidade;
  • Ratstrinkstube mit Kunsthur / Taverna da prefeitura com torre artística, de 1683: hoje escritório de informações turísticas. Desde 1910, nas janelas laterais ao relógio solar,  instalado em sua torre, são apresentadas diariamente de hora em hora, entre 10:00 e 22:00 horas figuras do Meistertrunk, o Gole de Mestre, em homenagem ao prefeito herói Georg Nusch!!
  • St. Jakob Kirche / Igreja luterana de São Jacó: de 1170, com painéis de madeira esculpida pelo renomado escultor alemão Tilman Riemenschneider (1460-1531);
  • Museu e loja de objetos natalinos: possivelmente a maior loja de artigos para natal do mundo, Käthe Wolhfahrt, encontra-se próxima do Marktplatz. Aberta durante o ano todo oferece inúmeros objetos para a valorização das festas de fim do ano e completa a visita com o seu Deutsches Weinachtsmuseum que exibe maquetes e adornos de festas natalinas de 1800 a 1960;
  • Confeitarias e restaurantes: a cidade oferece um bom número de restaurantes e confeitarias onde é possível desfrutar a boa culinária e os doces da Francônia, ambientados na arquitetura da cidade.

Sugestões especiais para a sua visita

Sugerimos degustar aspargos brancos levemente cozidos crocantes e cobertos por manteiga derretida, acompanhados de linguiça de porco com ervas e batatas cozidas. Para beber vinho branco Riesling ou o regional Silvaner.

Para sobremesa Rothenburg reserva algo bem local: Schneebälle, ou bolas de neve. São bolas de massa de farinha, ovo, manteiga e aguardente de ameixa, fritas em gordura quente e polvilhada com açúcar, chocolate ou nozes. São várias as coberturas e os tamanhos, sempre no mesmo formato.

Se a agenda permitir programe a sua estada em Rothenburg para o final de semana de Pentecostes, quando é comemorado o Meistertrunk.

Este evento comemorativo teve início em 1881 e além de Pentecostes é repetido em setembro e outubro. Confira as datas do ano no calendário da cidade. Você vai se sentir de volta no tempo!

Rothenburg ob der Tauber muralha

Muralhas em Rothenburg ob der Tauber

Rothenburg ob der Tauber é cercada por 3 km de muralhas do século XIII, restauradas e bem conservadas, que permitem um agradável passeio.

Circulando pelas muralhas cobertas pode-se ver a cidade sob vários ângulos e visitar as diversas portadas e torres de observação em seu trajeto.

Ao longo do seu percurso existem diversas escadas que permitem acesso gratuito. Circulando ao longo do caminho o visitante verá uma série de placas, colocadas ali em homenagem aos doadores que financiaram a restauração.

Agora que já tem o seu roteiro básico…

Este post faz parte da série sobre a Alemanha — país de meus antepassados. É possível visitar esta cidade em um bate volta ou, preferencialmente, dormindo ao menos uma noite.

Indo a Rothenburg ob der Tauber não deixe de conhecer outras cidades no entorno. Garanto que não irá se arrepender.

E para ver outras cidades em que estivemos nos acompanhe por aqui ou em nosso Instagram.

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.